Data: 14/04/2024

Web Summit Rio tem IA, criptomoedas, matrizes energéticas e mais: veja destaques


Evento que acontece no Riocentro, entre os dias 15 e 18 de abril, vai reunir startups de tecnologia e potenciais investidores de todo o mundo. Entre os palestrantes, destaque para o presidente do Google Brasil, Fábio Coelho, Tyler Li, presidente da BYD Brasil, e Gabriela Comazzetto, líder de soluções globais do TikTok na América Latina. Web summit Reprodução A partir da próxima segunda-feira (15), o Rio de Janeiro será a capital da tecnologia e da inovação na América Latina. Essa é a proposta do Web Summit Rio 2024, maior evento do setor no mundo, que chega a sua 2ª edição na cidade. A expectativa da Prefeitura do Rio é que, por dia, 40 mil pessoas passem pelo Riocentro para aprender, ensinar e desenvolver novas ideias. Os organizadores apostam no Web Summit como um ponto de encontro, uma oportunidade de novos negócios em escala global, além de uma ferramenta de conexão entre empreendedores, investidores e curiosos por um mercado em expansão. Os ingressos para o evento desse ano já estão esgotados. Ao todo, são mais de 600 palestrantes e mil startups apresentando seus negócios e buscando um lugar ao sol. Em vários palcos espalhados pelo Riocentro, lideranças globais e personalidades da inovação vão abordar assuntos variados como: marketing, inteligência artificial, saúde, criptomoedas, comércio eletrônico, big data e muito mais. Nessa edição, os temas mais relevantes giram em torno da aplicação da inteligência artificial e das ações dos governos para efetivar sua regulamentação, além da interferência da geopolítica na tecnologia e o uso de matrizes energéticas. Ronaldo Cohin vence disputa de pitch em 2023 Sam Barnes/Web Summit Rio/Divulgação Entre os nomes mais badalados estão: o presidente do Google Brasil, Fábio Coelho; Tyler Li, presidente da BYD Brasil; Gabriela Comazzetto, líder de soluções globais do TikTok na América Latina; e o cantor e compositor Gilberto Gil. Confira alguns destaques: Jens Nielsen, CEO da Fundação Mundial do Clima; Mike Brock, CEO TBD e incentivador do bitcoin; Daniel Moczydlower, CEO Embraer-X; Luciana Santos, ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação; Martin Kocher, ministro do Trabalho e Economia do Governo da Áustria; Bianca Andrade (Boca Rosa), influenciadora; Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro; Luiza Trajano, presidente da Magazine Luiza; Gabriela Comazzetto, líder de soluções globais do TikTok na América Latina; Tyler Li, presidente BYD Brasil; Fábio Coelho, presidente do Google Brasil; Txai Suruí, ativista climático; Gustavo Vitti, CHRO Ifood; KondZilla, produtor musical Gilberto Gil, cantor e compositor; João Gomes, cantor; Bruno Gagliasso, embaixador da UNICEF; Marcos Senna, diretor de marketing do Flamengo; Diego Ribas, ex-jogador de futebol profissional e fundador do Podcast 10 e Faixa; Gilberto Silva, ex-jogador de futebol; Flávia Alessandra, atriz e apresentadora; Otaviano Costa, ator e apresentador; Luccas Neto, criador de conteúdo; Mari Maria, influenciadora e CEO da Mari Maria Maquiagem; Claudio Castro, governador do Rio de Janeiro; Marcelo Braga, presidente IBM Brasil; Tarciana Medeiros, CEO do Banco do Brasil. Veja todos os palestrantes no site do Web Summit Rio. Confira a programação completa clicando aqui. R$ 33 milhões por dia na economia do Rio A expectativa da Prefeitura do Rio de Janeiro é que o maior evento de tecnologia do mundo possa injetar na economia local cerca de R$ 33 milhões por dia de encontro. A projeção do município sobre o impacto econômico do evento aponta para um total de R$ 1,5 bilhão, somando as seis edições do Web Summit já previstas no calendário do Rio, entre 2023 e 2028. O estudo “Potenciais Impactos Econômicos do Web Summit Rio (2024-2028)”, elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico do Rio de Janeiro também fala sobre a projeção de público nos próximos anos. O município espera ver o número de pessoas presentes no evento o dobrar, na comparação entre a 1ª e 2ª edições. Web Summit deve injetar R$ 1,5 bilhão no Rio em 6 anos Arte g1 Os três dias de evento podem atrair mais de 120 mil pessoas para as palestras que acontecerão no Riocentro, revelou o levantamento da prefeitura. O estudo da prefeitura fez uma projeção de público para os próximos anos do Web Summit no Rio. O município acredita que as edições seguintes vão crescer gradativamente, até chegar em 2027 com 70 mil pessoas por dia, mantendo esse nível em 2028. Nesse sentido, a estimativa de público no acumulado das seis edições do evento é de 933 mil pessoas presentes. Hotéis cheios A expectativa da Prefeitura do Rio começou a se concretizar nesse final de semana que antecede o Web Summit. Hotel Sheraton da Barra da Tijuca Divulgação/ Sheraton De acordo com uma pesquisa do HotéisRIO, a taxa média de ocupação hoteleira na cidade está em 72,36% durante o período do evento, de 15 a 18 de abril. Esse desempenho é ligeiramente acima da média registrada por conta do evento em 2023, que ficou com 72,25%. Como o evento será realizado no Riocentro, a maior demanda (86,78%) foi por hotéis localizados na região da Barra da Tijuca e do Recreio dos Bandeirantes, ambos na Zona Oeste e próximos ao local do evento. Em seguida, a pesquisa aponta maior procura nos bairros da Zona Sul, Ipanema e Leblon (75,81%), Flamengo/Botafogo (69,80%), Copacabana/Leme (67,03%).